terça-feira, 25 de março de 2014

XXII Maratón Popular Ciudad de Badajoz

Bruno Fraga do GDR Reboleira venceu a XXII Maratona de Badajoz, com o registo de 02:23:58, numa corrida dominada pelos atletas portugueses.
Dos muitos portugueses em prova, dois eram de Tomar. Luís Mota (CA Barreira) e Vítor Medeiros do CALMA, Tomar, concluíram com sucesso. Luís Mota foi o 21º atleta da geral, com 02:45:15.
Depois de Lisboa Porto e Badajoz, o caminho segue para a Maratona da capital espanhola – Madrid
Luís Mota a terminar a sua 28ª Maratona em estrada
 O foco é na montanha mas a paixão enorme pela prova rainha “obriga-me” a marcar presença em cerca de cinco Maratonas de estrada por ano. Depois de ter corrido no último trimestre de 2013 as maratonas do Porto e Lisboa, o gosto de correr a prova rainha levou-me a agendar Badajoz e Madrid para a entrada de 2014.

10ª Maratona do Porto

A 10ª Maratona do Porto, realizada no passado domingo, ficou marcada pela enorme afluência de participantes, que bateu assim o recorde de atletas a passar a meta. Foram 2773 as pessoas a terminar a prova, numa marca que supera em 1102 o anterior número.

Lá estive, na terra onde corri pela primeira vez a Maratona

Luís Mota, na entrada do último quilómetro da prova (foto de Carlos Pereira)
Foi a minha primeira competição em representação da Casa do Benfica em Abrantes. Na prova corri limitado, devido a dificuldades respiratórias. Mesmo assim dei o meu melhor e retirei 4 minutos à Maratona de Lisboa, realizada há pouco mais de um mês. Concluí a 27ª Maratona, em estrada, em 2h44m e 20 s, obtive a 40ª posição na geral.


26ª Rock n Roll Lisbon Marathon 2013

Depois de 27 anos de "Maratona de Lisboa", inicia agora, com novo formato, a Maratona da capital. A partida foi em Cascais, passamos de seguida no concelho de Oeiras, para terminarmos em Lisboa, no parque das nações.
Esta foi uma Maratona, incluída num grande evento desportivo que se realizou no passado fim-de-semana na capital, com diferentes provas para todas as idades.

Regressar à Maratona


Em abril tinha estado na Maratona de Londres, desde então a montanha tem praticamente sido a minha companhia.
O ritmo competitivo, neste tipo de corrida, é baixo e terminar era o grande objetivo.



O percurso, bastante agradável e a companhia de Amigos, na corrida e a apoiar, facilitou a tarefa. Terminei em 20º da geral, com 02:48:52.